• Unidade Arcoverde - R. Arlíndo P. de Albuquerque - São Miguel
    Telefone: (87) 3321 1111
    Aberto das 06:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 98647-4249
  • Unidade Boa Viagem - R. Ribeiro de Brito, 590 - Boa Viagem
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 98647-4249
  • Unidade Cabo - Av. Pres. Getúlio Vargas, 746 - Centro
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 98647-4249
  • Unidade Derby - R. da Baixa Verde, 409 - Derby
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 98647-4249
  • Unidade Olinda - Av. José Augusto Moreira, 1183 - Casa Caiada
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 98647-4249
  • Unidade Piedade - R. Barreto de Menezes, 800 - Piedade
    Telefone: (81) 3216 1900
    Aberto das 06:00 às 18:00 de Segunda a Sexta e no Sábado das 06:30 às 12:00
    (81) 98647-4249

Exames

Você está em: Home > Exames > Eletroneuromiografia

Eletroneuromiografia

Exame neurológico:
- Eletroneuromiografia

Eletroneuromiografia é um exame complementar pertencente à especialidade médica Neurofisiologia Clínica. Alguns médicos usam as abreviatura “EMG” ou “ENMG” para se referirem a este exame quando o solicitam.

Ele está indicado quando há suspeita de doenças que afetam os nervos periféricos, raízes e plexos nervosos, neuronios motores espinhais, músculos e junções neuromusculares. Pode-se realizar eletroneuromiografia dos membros superiores, dos membros inferiores, dos quatro membros e/ou da face, a depender da solicitação do seu médico.

Na imensa maioria dos casos, a realização do exame seguirá três etapas:

1 – estudo da condução sensitiva;

2 – estudo da condução motora;

3 – exame de agulha para avaliar o funcionamento dos músculos.

No estudo da condução sensitiva, sensors (eletrodos) são colocadas bem proximamente ao trajeto de alguns nervos sensitivos. No estudo da condução motora, sensores (eletrodos) adesivos são aderidos à pele sobre alguns músculos (figuras 1 e 2). Em seguida, pequenos estímulos elétricos são aplicados em pontos específicos, a fim de desencadear atividade a atividade de nervos e músculos.

 

Figura 1 – Eletrodos posicionados para estudo da condução sensitiva (avaliação do nervo mediano). O estímulo elétrico sera aplicado no dedo médio. O funcionamento do nervo mediano será captado nos eletrodos azuis.

Figura 2 – Eletrodos posicionados para estudo da conduçao motora, com estímulos sendo aplicados no punho e captação no músculo abdutor curto do polegar.

Essa atividade é captada pelos eletrodos acima, e transferida para o eletromiógrafo (figura 3), aparelho utilizado para realizar o exame. Este aparelho faz uma representação gráfica da atividade elétrica do nervo.

Figura 3– Eletromiógrafo, em cuja tela se vê a representação gráfica do estudo da condução motora do nervo mediano

A análise dos gráficos produzidos permitirá a obtenção de diversos parâmetros de funcionamento do nervo periférico, tais como: a intensidade do estímulo elétrico necessário para desencadear o funcionamento do nervo, a quantidade de fibras de um nervo que estão funcionando adequadamente e a velocidade de condução nervosa.

Por último, é feito o avaliado o funcionamento dos músculos, com eletrodos de agulha, que são inseridos através da pele até o músculo.

Tanto a aplicação dos estímulos elétricos, quanto a inserção das agulhas no músculo, são desconfortáveis, mas não insuportáveis. Estas três etapas devem ser realizadas por um médico com conhecimentos da anatomia e fisiologia dessas estruturas, bem como das doenças que podem afetá-las.

Com todas estas informações, é feita uma avaliação mais detalhada de doenças que acometem predominatemente os nervos, tais como algumas doenças hereditarias (doença de Charcot-Marie), e de doenças que acometem os nervos periféricos e outros órgãos, tais como diabete mellitus e amiloidose familiar portuguesa, doenças que acometem os músculos, que são as miopatias, doenças da junçao neuromuscular, tais como Miastenia Gravis, e doenças dos neuronios motores medulares, tais como esclerose lateral amiotrófica. Tudo isso sera muito importante tanto para o diagnostic dos pacientes, bem como para avaliar a resposta a tratamentos que lhe foram prescritos..

Veja Também:

Cardiologia

Histerossalpingografia

O que falam sobre o Boris Berenstein?

Pelo quarto ano consecutivo somos a marca mais lembrada pelos Pernambucanos. Trabalhamos para que você se sinta bem atendido.

  • Thiago Pedrosa

    "Completo, excelentes profissionais e atendimento diferenciado! Sem dúvidas melhor centro do Estado!"

  • Mario Peres

    "Atendimento sem igual, cuidado e atenção a todos os pacientes!"

  • Rosymary Câmara

    "Recomendo. Boris é tudo de bom. No segmento saúde em Pernambuco."