Acidentes de trabalho: a prevenção é o melhor investimento

27 de Julho é comemorado o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes do Trabalho. Essa data foi criada com o intuito de advertir tanto empregados e empregadores, quanto o próprio governo e a população em geral, sobre a necessidade de práticas que diminuam o número de casos de acidentes de trabalho. A celebração da data visa também promover um ambiente de trabalho mais seguro e saudável em todos os setores. 

Mas afinal, o que é um acidente de trabalho?

É todo aquele que ocorre durante a jornada de trabalho do empregado ou ainda quando acontece no percurso entre a moradia do trabalhador até o local de trabalho. É sempre classificado acidente de trabalho quando há lesão corporal ou qualquer tipo de perturbação funcional, ocasionando a perda e/ou diminuição da capacidade para o trabalho. E em último caso, quando há um acidente fatal. 

Medidas para prevenção de acidentes de trabalho

É de extrema importância o uso adequado dos equipamentos de segurança, chamados de EPI (Equipamento de Proteção Individual), por parte dos colaboradores, dentro da empresa. Isso porque, os acidentes podem ser provocados por causas naturais ou pela falta de medidas de proteção. 

Algumas medidas preventivas que podem ser adotadas:

  • Elaborar um cronograma de manutenções de máquinas e equipamentos da empresa.

Não ter uma rotina de manutenção preventiva pode aumentar o risco de acidentes, uma vez que o colaborador ao tentar solucionar determinado problema, pode acabar se expondo a situações que venham a comprometer a sua integridade física. Com um cronograma de manutenções, as empresas garantem uma maior segurança de seus colaboradores, reduz o custo com reparos fora de hora e ganha no aumento da produtividade. 

  • Estabelecer um ambiente de trabalho seguro 

Fornecendo os EPI´s e ou EPC´s necessários para toda a equipe, mantendo assim um local seguro e minimizando os riscos de acidente. 

  • Investir em treinamento e capacitação das equipes 

Com o intuito de educar os colaboradores a respeito das medidas preventivas de segurança que todos devem adotar, visando reduzir ao máximo os riscos de acidentes durante a jornada de trabalho.

Tipos de acidente de trabalho 

Os acidentes de trabalho são classificados em três categorias:

Acidente típico: É aquele que ocorre em consequência da atividade profissional que o colaborador exerce. 

Acidente de trajeto: Como o próprio nome já diz, ocorre no trajeto entre a moradia do colaborador e o local de trabalho, ou vice-versa. 

Doença profissional ou do trabalho: Desenvolvida através do exercício de determinada função. 

Segundo a OIT ( Organização Internacional do Trabalho), o Brasil, está em quarto lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho fatais. O que significa que precisamos melhorar muito nesse quesito e promover cada vez mais a conscientização das pessoas a respeito. 

Qual a importância da prevenção no ambiente de trabalho?

Manter processos e o próprio ambiente de trabalho seguro é uma responsabilidade que cabe tanto aos empregadores, quanto aos funcionários.  Inclusive, a participação dos colaboradores é fundamental para identificar situações de riscos no local de trabalho. 

Investir na prevenção de acidentes do trabalho é importante não só pela diminuição em si dos próprios acidentes, como também para evitar que a empresa seja notificada e tenha custos adicionais como:

Transporte do funcionário acidentado;

Afastamentos;

Contrato de mão de obra temporária;

Indenizações;

Gastos com materiais danificados e reabilitação do colaborador.

Ainda sobre a prevenção o Ministério da saúde se propõe a fornecer estratégias e orientações, que assegurem de maneira preventiva a saúde e o bem-estar do trabalhador, através da RENAST (Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador).

O MS ainda atua na vigilância nos ambientes de trabalho, exercendo intervenções sempre que necessário para propiciar a eliminação de riscos de acidentes de trabalho. 

CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho 

A notificação do acidente é feita por meio de um documento oficial chamado de CAT. 

Esse documento é fornecido pelo setor de Recursos Humanos da empresa, juntamente com os documentos do colaborador, aos órgãos competentes.  

O acidente deve ser comunicado até o 1º dia útil seguinte ao da ocorrência. em caso de falecimento, o comunicado deve ser imediato. Já para os casos de doença profissional, deve ser comunicada no dia do acidente ou no dia em que for diagnosticada, essa dia será marcado como a data inicial da incapacidade de trabalho do colaborador.

A partir de então, seja você colaborador ou empregador, fique atento às medidas de segurança e contribua para a prevenção de acidentes no local de trabalho. Dessa forma, construiremos um ambiente de trabalho mais agradável e saudável para todos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *