Novembro Azul

laço azul que representa a campanha do novembro azul

Quando começou e qual o significado dessa campanha?  

Ao longo do mês de novembro é comum observarmos alguns monumentos e prédios iluminados com a cor azul. Você com certeza já deve ter visto algo assim na sua cidade. 

Além da iluminação na cor azul, são espalhados cartazes, outdoors, panfletos e muitos outros meios de comunicar que o novembro azul chegou. 

E com ele, chegou o tempo de se tocar e de se cuidar. Obviamente que os cuidados com a saúde devem ser contínuos, mas a campanha do novembro azul vem alertar sobre o perigo que é a não prevenção do câncer de próstata. No Brasil, a doença já  é a segunda mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

Por esse motivo, é importante estar atento aos cuidados preventivos contra o câncer de próstata. 

A campanha

A Campanha do novembro azul surgiu no ano de 1999 na Austrália, com um grupo de amigos que decidiram deixar o bigode crescer, a fim de chamar atenção para a saúde masculina. O grupo realizava ações e o que arrecadava, era doado às instituições de caridade.

No Brasil, a Campanha Novembro Azul foi trazida pelo Instituto Lado a Lado Pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia. A cada ano o movimento de conscientização ganha mais adeptos e o preconceito com o exame de toque, que sempre foi alvo de aversão pelo sexo masculino, diminui.

A prevenção 

A detecção precoce do câncer é uma estratégia utilizada para encontrar um tumor numa fase inicial e, assim, possibilitar maior chance de um tratamento mais assertivo e bem sucedido.O câncer de próstata é assintomático no início, ou seja, não apresenta nenhum sintoma, o que torna a prevenção muito importante.

A detecção precoce pode ser feita por meio da investigação com exames clínicos, laboratoriais, endoscópicos ou radiológicos, de pessoas com sinais e sintomas sugestivos da doença (diagnóstico precoce), ou de pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença. No caso do câncer de próstata, esses exames são o toque retal e o exame de sangue para avaliar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico).

Sinais e sintomas

O diagnóstico precoce do câncer de próstata possibilita melhores resultados no tratamento e deve ser buscado com a investigação de sinais e sintomas como:

Dificuldade de urinar

Diminuição do jato de urina

Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite

Sangue na urina

Na maior parte das vezes, esses sintomas não são causados por câncer, mas é importante que eles sejam investigados por um médico.

Diagnóstico 

A maioria dos cânceres de próstata é diagnosticada no momento do rastreamento da doença com o antígeno prostático específico (PSA) no sangue ou durante o exame de toque retal. Se houver suspeita de câncer com base nos resultados dos exames de detecção precoce ou sintomas, serão necessários outros exames para elucidação diagnóstica. 

O diagnóstico final do câncer de próstata só pode ser feito com uma biópsia da próstata por via trans-retal ou transperineal e guiada por ultrassonografia e/ou ressonância magnética.

A indicação de biópsia depende do toque retal e valores de PSA.

Tratamento

As recomendações mais comuns para o tratamento do câncer de próstata são:

Para doença localizada (que só atingiu a próstata e não se espalhou para outros órgãos) cirurgia, radioterapia e até mesmo observação vigilante (em algumas situações especiais) podem ser oferecidos.

Para doença localmente avançada: radioterapia ou cirurgia em combinação com tratamento hormonal têm sido utilizados.

Para doença metastática (quando o tumor já se espalhou para outras partes do corpo): o tratamento mais indicado é a terapia hormonal.

A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

É tempo de se tocar!

Previna-se contra o câncer de próstata! 

Durante o novembro azul, estaremos ajudando pacientes do HCP (Hospital de Câncer de Pernambco),e você também pode contribuir com essa corrente de solidariedade. Basta apenas CLICAR AQUI e baixar a nossa revista “Mais Saúde” e pronto! Você já ajudou a salvar a vida de alguém. 

É que a cada download feito, o Boris estará doando R$1,00 em prol do Hospital de Câncer de Pernambuco. 

Clique, ajude e participe! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *