AGOSTO DOURADO- SEMANA MUNDIAL DA AMAMENTAÇÃO.

Entenda a importância desse ato

Criado no ano de 1990, a semana mundial da amamentação, é um projeto que ocorre entre os dias 1 e 7 de agosto com o objetivo de promover o aleitamento exclusivo até o sexto mês de vida. Lutando pela iniciativa à amamentação, essa semana tem a cor dourada devido ao padrão de ouro do leite materno, sempre reforçando a importância dessa substância para a vida. 

Muitas pessoas não sabem, mas o ato da amamentação traz diversos  benefícios tanto para a criança, quanto para a mãe. Um estudo da OMS (organização mundial da saúde) mostra que cerca de 13% das crianças menores de 5 anos têm suas vidas salvas devido ao aleitamento materno. Vale lembrar que essa importância não conta apenas para a fase de recém nascidos, os benefícios do leite materno podem ser enxergados durante toda a vida. 

Benefícios para a criança: 

Além de ser essencial, o dia mundial da amamentação consegue mostrar outras diversas consequências do leite materno para os pequenos. Alguns desses benefícios são essenciais para o desenvolvimento correto do bebê. Conheça alguns deles:  

  • Maior contato e relacionamento com a mãe. 
  • Reduz a ocorrência de cólicas. 
  • Protege e prepara o intestino. 
  • Ajuda no desenvolvimento da arcada dentária. 
  • Desenvolve o sistema imunológico. 

Benefícios para a mãe: 

Muitas pessoas não sabem, mas a mãe também é muito beneficiada no processo. Além de desenvolver uma relação íntima com seu filho, as mulheres começaram a desenvolver e ganhar diversas qualidades no seu bem-estar, por exemplo: 

  • Diminui o sangramento no pós-parto.
  • Acelera a perda de peso.
  • Reduz a incidência de câncer de mama, ovário e endométrio
  • Evita a osteoporose.
  • Protege contra doenças cardiovasculares, como o infarto.

Como amamentar corretamente?

Para quem é mãe de primeira viagem, é normal que existam muitas preocupações e dúvidas acerca da maternidade. Até para aquelas que já são experientes nesse assunto, a vida de mãe ainda será um desafio e, com certeza, terão algumas coisas que você deve entender melhor. 

Uma dúvida muito recorrente é a de como amamentar corretamente. O que muitas pessoas não sabem é que, de fato, existe uma forma mais correta de amamentar seu filho. Com um passo a passo bem elaborado, vamos te explicar melhor esse processo maravilhoso e super importante na campanha agosto dourado!  

  1. Perceba quando seu filho está com fome: Se atente para alguns sinais. Se o bebê procurar algo para abocanhar, for atrás do mamilo e se chupar muito os dedos e ficar com a boca aberta, isso tudo é sinal de fome. Conhecer melhor a criança e suas manias é essencial.  
  2. Adote uma posição confortável: Antes de levar o bebê ao peito, a mãe deve encontrar um local calmo e uma posição confortável, mantendo as costas retas para evitar dores futuras. Independente da posição que for encontrada, a criança tem que estar com o corpo virado para a mãe e com a boca e o nariz na mesma altura da mama. 
  3. Colocar o bebê no peito: Após encontrar uma posição confortável, a mãe deve ter muito cuidado quando for posicionar a criança para mamar. Primeiramente, para fazer com que o bebê abra a boca, é indicado que a mulher encoste o mamilo no lábio superior ou no nariz da criança. Em seguida, já com a boca aberta, leve o pequeno até o mamilo, para que ele consiga começar a sucção. 
  4. Observe se o bebê está mamando corretamente: A mãe deve observar alguns sinais para saber se a amamentação está ocorrendo bem. Analise se o queixo do bebê toca na mama e que o nariz do bebê está mais livre para respirar; A barriga do bebê toca na barriga da mãe; A boca do bebê está bem aberta e o lábio inferior deve estar virado para fora; O bebê abocanha parte ou a totalidade da aréola da mama e não somente o bico do peito;O bebê está calmo e pode-se ouvir o barulho dele engolindo o leite.
  5. Verifique se a criança mamou o suficiente: Para confirmar que o bebê mamou suficiente, pressione o peito que você deu para a criança, no começo de todo processo de amamentação ele estará mais rígido e cheio, quando leite suficiente já tiver saído, ele ficará mais flácido. Mesmo com essa mudança física, confira se todo o leite saiu fazendo uma leve pressão, para não sobrar nada.  
  6. Retire o bebê da mama: Para não acontecer nenhum acidente, passe lentamente seu dedo mindinho no canto da boca do neném, assim ele soltará o mamilo e se distanciará. 

Viva o processo da amamentação da melhor forma.

Criar laços com seu filho é muito importante e a amamentação pode fazer parte desse processo. Entender melhor sobre esse mundo da maternidade é essencial para todos da família e com a participação de todos esse ciclo se torna muito mais afetivo e importante para todos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *