Dezembro Laranja: se conscientize sobre o câncer de pele

Uma data super importante para se conscientizar

Sendo o tumor com maior incidência no Brasil, o câncer de pele vem ganhando mais atenção com o passar do tempo. A exposição solar, sem proteção, consegue trazer várias consequências negativas para o seu organismo, levando a alterações celulares e, consequentemente, o câncer de pele. 

No dezembro laranja, muitas reflexões são feitas em relação ao câncer de pele. Com isso, trouxemos as melhores informações para você se conscientizar e prevenir sobre essa doença tão ameaçadora. Confira todas as informações:

Quais os sintomas de câncer de pele?

Como é algo consequente à exposição solar, os sinais são facilmente encontrados nas principais áreas afetadas pelos raios solares. As áreas que normalmente são mais afetadas são o rosto, pescoço e orelhas, procure qualquer sinal como:

  • Manchas pruriginosas (que coçam), descamativas ou que sangram;
  • Sinais e pintas que constantemente mudam de forma e tamanho;
  • Feridas que passaram de 4 semanas sem cicatrizar.

Aos primeiros sintomas e sinais, busque imediatamente um profissional para examinar sua situação. Com o diagnóstico, o tratamento já poderá ser iniciado. 

Como é feito o diagnóstico?

Com um profissional, você conseguirá fazer exames clínicos para atestar a situação do tumor ou possível tumor. Com o dermatologista, é possível fazer um exame chamado de “dermatoscopia”, famoso por ser uma das primeiras opções contra o câncer de pele. Nesse exame, o médico utilizará um aparelho que permite ao médico visualizar as camadas mais profundas da pele. Dependendo da situação e conclusão, ainda será necessário fazer uma biópsia. 

Para a confirmação do câncer, a biópsia é o exame mais indicado para a situação. O material será colocado e encaminhado para algum laboratório de anatomia patológica, que dará um laudo. Outros meios também podem ser utilizados para entender melhor a doença e direcionar um tratamento. 

Com esses exames, será possível detectar o seu tipo de câncer. Você sabia que existem vários tipos de câncer de pele? Conheça algum deles. 

Os tipos de câncer de pele?

Como ocorre devido a multiplicação de células, o câncer de pele pode ser dividido em dois tipos: 

  • Câncer de pele melanoma: esse tipo de câncer tem sua origem nas células produtoras de melanina, substância que é determinante da cor de pele. Mais frequente em adultos brancos. 
  • Câncer de pele não melanoma: é o mais frequente entre os brasileiros, se apresentando na forma de manchas e sinais. Responsável por 30% de todos os casos de tumores malignos registrados no Brasil. 

Câncer de pele melanoma

Esse tipo de Câncer de pele aparece em qualquer parte do corpo (pele ou mucosas). Se apresentam na forma de manchas, pintas ou sinais. Nas pessoas de pele negra, elas normalmente se apresentam nas áreas mais claras, como na palma das mãos e solas do pé. 

O câncer de pele melanoma representa apenas 3% dos 30% de diagnósticos gerais de câncer de pele. Porém, mesmo com essa baixa porcentagem, esse é um dos tipos mais graves da doença, já que apresentam mais possibilidade de metástase. Mesmo assim, quando detectado em fase inicial, as chances para o tratamento são altas. 

 Câncer de pele não melanoma

O tipo mais comum entre os brasileiros, o câncer de pele não melanoma é caracterizado por ter grandes chances de cura quando for detectado com antecedência. Entre os tipos de câncer de pele, o não melanoma é o com menor taxa de mortalidade é mais comum. Porém, podem deixar mutilações bastante agressivas se não forem tratados adequadamente. 

Ele apresenta tumores de diversos tipos, os mais comuns são: 

  • O carcinoma basocelular: mais comum e menos agressivo, se caracteriza por uma lesão com evolução lenta. 
  • Carcinoma epidermóide: surge por meio de uma ferida ou sobre cicatriz, principalmente as decorrentes de queimadura. A maior problemática do carcinoma epidermóide é a grande chance de metástase. 

Ficar ligado para a sua derme é muito importante, existem muitas manchas que podem ser câncer de pele, fique atento para o seu corpo e procure um especialista caso algum dos sintomas sejam evidentes. O diagnóstico precoce do câncer de pele é super importante!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *